MÚSICAS

Projeto Clássico 2 - Clássicos Populares
A música do Brasil e de Portugal 

"Juntar no mesmo CD Candido Ignácio, Mesquita (ainda mais no seu Ali-Baba), Anacleto, Callado, Chiquinha Gonzaga e ELIANE SALEK é reunir a história do Brasil à arte que este país é capaz de produzir.Quando Noel Rosa morreu, uma música em sua homenagem dizia que nele o Senhor encarnara "a alma sonora do samba". Pois em ELIANE SALEK, o Senhor encarnou A ALMA SONORA DA MÚSICA!! Brava, ELIANE !!!" 
MARCUS GÓES (FEVEREIRO/200 )

 

Cantando, tocando piano ou flauta transversa, num descontraído bate-papo com o público, Eliane Salek mostra o repertório do CD “Modinhas e Chorinhos Eternos”, homenageia a “pequena notável”, Carmem Miranda, que nos deixou há 60 anos e celebra os 95 anos de Amália Rodrigues.Cantando, tocando piano ou flauta transversa, num descontraído bate-papo com o público, Eliane Salek mostra o repertório do CD “Modinhas e Chorinhos Eternos”, homenageia a “pequena notável”, Carmem Miranda, que nos deixou há 60 anos e celebra os 95 anos de Amália Rodrigues.

 

A artista mostra a proximidade da música dos dois países, desde a metade do século XVIII até hoje. Conta como as modinhas portuguesas misturavam-se aos violões da colônia e impregnavam-se da malemolência tìpicamente brasileira, dando origem mais adiante ao fado português e à serenata brasileira. Explica como vão se aliar à força rítmica africana, a melancolia da música portuguesa e a originalidade dos contrapontos brasileiros (as famosas “baixarias”), para dar à luz o primeiro gênero/estilo essencialmente brasileiro, o choro.

 

Roseas flores d'alvorada -
00:0000:00

VÍDEOS

VÍDEOS

Ali Baba -
00:0000:00
Querido Piano -
00:0000:00